Valentin Flauraud/Reuters
Valentin Flauraud/Reuters

Com sobras, Bolt vence os 200 metros na Liga Diamante, em Lausanne, na Suíça

Jamaicano crava 19s58, seguido pelo holandês Churandy Martina, que lidera na soma das etapas

AE, Agência Estado

23 de agosto de 2012 | 17h17

LAUSANNE, Suíça - Depois de fazer a festa com a vitória de Yohan Blake nos 100 metros, o jamaicano Usain Bolt entrou na pista do Estádio Olímpico de Lausanne, na Suíça, para correr os 200 metros e somar mais uma vitória para o seu currículo. Na sua primeira prova depois de ganhar três medalhas de ouro nos Jogos de Londres, ele completou a distância em 19s58.

O tempo, ainda que seja bastante abaixo dos 19s32 que lhe deram o ouro nesta prova em Londres, e distante 39 centésimos do seu próprio recorde mundial, ainda assim seria suficiente para colocá-lo no terceiro lugar do pódio na última Olimpíada.

Como de costume, Bolt venceu com folgas em Lausanne. O segundo colocado foi o holandês Churandy Martina, com o tempo de 18s85, novo recorde do seu país. Com o resultado, o europeu chegou a 12 pontos na soma das etapas da Diamond League e se manteve no primeiro lugar na corrida por este título. Em terceiro completou o jamaicano Nickel Ashmeade (19s94), agora vice-líder da disputa geral.

Duas provas envolveram os três medalhistas dos Jogos de Londres. Nos 400 metros, mesmo resultado da Olimpíada, com vitória de Kirani James, de Granada, sobre Luguelin Santos, da República Dominicana, com o tempo de 44s37. Já nos 110m com barreiras, o campeão olímpico Áries Merritt foi desclassificado e entregou a vitória ao também norte-americano Jason Richardson, seguido do seu compatriota David Oliver.

A grande surpresa em Lausanne ficou com o catariano Mutaz Essa Barshim, de apenas 21 anos. Medalhista de bronze em Londres, ele venceu o salto em altura com a marca de 2,39m, assumindo a liderança do ranking mundial da prova empatado com o russo Ivan Ukhov, que ficou em segundo na Suúça.

Entre as mulheres, destaque para os 100 metros. Medalhista de prata em Londres, a norte-americana Carmelita Jeter chegou empatada com a campeã olímpica, a jamaicana Fraser-Pryce Shelly-Ann. Na decisão pelo photofinish, vitória de Jeter, com 10s86.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoUsain BoltDiamond League

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.