Eva Hambach/AFP
Eva Hambach/AFP

Com time C, Brasil perde para Cuba no vôlei masculino do Pan

Seleção cai por 3 a 2, parciais de 25/20, 18/25, 25/23, 22/25 e 15/11

Estadão Conteúdo

19 de julho de 2015 | 19h05

Eliminado da disputa pelo título na Liga Mundial, no Rio, com sua equipe principal, o vôlei masculino do Brasil agora foca suas atenções em subir ao pódio nos Jogos Pan-Americanos. Representado por um time C, a seleção perdeu por 3 a 2 (25/20, 18/25, 25/23, 22/25 e 15/11) para Cuba no seu segundo compromisso na competição.

Dos cinco homens de ataque do Brasil, só três tiveram boa atuação e serviram de opção para o levantador Thiaguinho. O ponteiro Douglas Souza, de apenas 19 anos, foi o grande nome da equipe no jogo, com 23 pontos. O oposto Renan Buiatti fez 18 pontos, enquanto Maurício colaborou com 16.

Maior pontuador na vitória fácil sobre a Colômbia, terça-feira, na estreia no Pan, o ponteiro João Rafael ficou no banco. Pelo lado de Cuba, Javier Jimenez e Rolando Cepeda somaram 47 pontos. Vale lembrar que a seleção cubana tem perdido atletas nos últimos anos. Destaque do Cruzeiro, o jovem Yoandy Leal é um dos que não serve ao seu país.

O Brasil fecha o Grupo A contra a Argentina, na terça-feira. Antes de viajar a Toronto, a seleção fez três amistosos diante dos argentinos e perdeu dois. Poderá perder por até 3 sets a 2 que mesmo assim avança à semifinal.

Diferente da seleção feminina, em que o técnico Zé Roberto Guimarães dividiu o elenco ao meio, indo ele mesmo com algumas titulares ao Pan, no masculino o elenco não tem sequer os reservas do time principal, uma vez que a prioridade era toda da fase final da Liga Mundial.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanosvôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.