Com um jogador a mais desde os 24, Gana esbarra na Austrália

A seleção de Gana, única africana que conseguiu vencer na Copa do continente, desperdiçou grande oportunidade ontem de somar seu segundo triunfo seguido. Diante da Austrália, os ganeses tiveram um jogador a mais em campo desde os 24 minutos do primeiro tempo, mas não foram além de um empate por 1 a 1. O resultado, mesmo ruim, deixa a equipe na liderança do Grupo D, com quatro pontos diante de três de Alemanha e de Sérvia. Os australianos somam um.

, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2010 | 00h00

Para repetir o feito de dois anos atrás, quando também foram às oitavas de final do Mundial - caíram diante do Brasil no mata-mata -, Gana terá um grande desafio na quarta-feira: segurar a forte e favorita Alemanha, em Johannesburgo.

Ontem, no Estádio Royal Bafokeng, todos imaginavam que Gana passaria fácil sobre a Austrália, que vinha de 4 a 0 para a Alemanha. Mas não foi o que se viu. Os australianos foram para o ataque e, aos 11, abriram o placar. Bresciano cobrou falta, Kingson espalmou e Holman fez 1 a 0.

O empate veio aos 25, em cobrança de pênalti de Gyan. No lance da falta, Kewell foi expulso ao cortar com o braço. Apesar da vantagem, os ganeses falharam muito na finalização. E os australianos foram valentes para segurar o empate e chegar à rodada final sonhando com vaga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.