Ricardo Bufolin/CBG
Ricardo Bufolin/CBG

Com Zanetti, seleção de ginástica é definida para o Pan de Especialistas

Brasil pretende usar a competição como preparação para torneios mais cobiçados

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2017 | 21h42

Os atletas que vão representar o Brasil no Pan-Americano de Ginástica Artística de Especialistas, em agosto, no Peru, estão definidos. Neste sábado, chegou ao fim a seletiva, realizada em São Bernardo do Campo (SP), e que foi realizada em formato de competição com a presença da elite do País no esporte.

Os ginastas apresentaram, durante os dois dias de seletiva, séries completas, de acordo com o novo código de pontuação. A soma do desempenho deles determinou os classificados para o Pan-Americano. Estavam disponíveis seis vagas no masculino e outras quatro no feminino, sendo que cada atleta pode competir em dois aparelhos.

Após a disputa os índices foram alcançados por Carolyne Pedro e Flávia Saraiva no feminino, e Péricles Silva, Jared Azarini, Caio Souza e Arthur Zanetti no masculino.

O coordenador das seleções de ginástica artística da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), Marcos Goto, apontou a importância de realizar uma seletiva com o formato de competição.

"Em uma competição aberta, se testa a parte psicológica do atleta. Em um ginásio aberto, com público, com pressão. Ele tem que fazer a série com outros ginastas, não está à portas fechadas. É um diferencial para o ginasta fazer uma avaliação em real competição", afirmou.

Já Zanetti fez um balanço positivo da sua participação. "O solo foi muito melhor do que no primeiro dia da seletiva, as chegadas foram boas. Gostei. Gostei das argolas também apesar de estar um pouco mais cansado na série. O primeiro elemento que eu fiz é novo, ainda estamos treinando, e isso me desgasta um pouco mais. Mas gostei pelo fato de ter feito tudo completo, chegar bem na saída e conseguir fazer o elemento novo", disse.

Além disso, Zanetti explicou que vai utilizar o Pan-Americano de Especialistas, entre 10 a 12 de agosto em Lima, como preparação para o Mundial, que ocorrerá em Montreal de 2 a 8 de outubro.

"Dependendo de como estiver o nível do Pan podemos ou não testar a série nova - vai depender da decisão do meu treinador, Marcos Goto. Mas o Pan será mesmo mais uma etapa de preparação. Até o Pan ainda dá para melhorar muito e até o Mundial também. A temporada está indo bem e o efeito dos treinamentos estamos vendo nas competições", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
ginástica artísticaArthur Zanetti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.