Coma e Al-Attiyah ficam perto do título do Rally Dakar

Depois da disputa da penúltima etapa, nesta sexta-feira, o espanhol Marc Coma (motos) e o catariano Nasser Al-Attiyah (carros) ficaram muito perto da conquista do título do Rally Dakar. Agora, só um grande imprevisto parece capaz de evitar que eles sejam declarados campeões neste sábado, quando serão percorridos os últimos 181 quilômetros de trecho cronometrado da prova, entre Córdoba e Buenos Aires, na Argentina.

AE, Agência Estado

14 de janeiro de 2011 | 19h07

Nesta sexta-feira, quando foi disputada a 12ª etapa, os participantes do rali tiveram que percorrer 555 quilômetros de trecho cronometrado, entre as cidades argentinas de San Juan e Córdoba. E tanto Marc Coma quanto Nasser Al-Attiyah souberam manter a liderança tranquila na classificação geral.

Bicampeão do Rally Dakar (2006 e 2009), Coma somou nesta sexta-feira a sua quinta vitória em 12 etapas disputadas, ao completar o percurso em 6h42min42. Assim, ele passou a ter 16 minutos e 36 segundos de vantagem sobre o francês Cyril Despres, que ocupa o segundo lugar na classificação geral da prova.

Al-Attiyah, por sua vez, ficou na terceira posição na 12ª etapa, que foi vencida pelo espanhol Carlos Sainz com tempo de 5h37min18. Mas o piloto do Catar ainda lidera a disputa dos carros com uma vantagem de 48 minutos e 21 segundos sobre o sul-africano Giniel De Villiers, que está em segundo lugar.

Entres os brasileiros, Jean Azevedo conseguiu a nona colocação nesta sexta-feira, com o tempo de 7h08min46, e se manteve em sétimo lugar na disputa das motos. E Guilherme Spinelli terminou a 12ª etapa na sétima posição, com 6h02min54, segurando o nono posto na classificação geral dos carros.

Tudo o que sabemos sobre:
Rally Dakar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.