Coma é punido por troca de pneu no Rally Dakar

O piloto espanhol Marc Coma, que estava em segundo lugar na classificação geral das motos do Rally Dakar, despencou na disputa depois de ser punido pela organização. Como trocou um pneu durante a realização da sétima etapa, disputada na sexta-feira, ele teve seis horas acrescidas ao seu tempo.

AE, Agencia Estado

09 de janeiro de 2010 | 16h17

Coma chegou na segunda colocação na etapa disputada entre as cidades de Iquique e Antofagasta, no deserto chileno, e ficou 1 hora, 6 minutos e 50 segundos atrás do francês Cyril Despres, líder da disputa entre as motos. Com a punição, o espanhol caiu para a 24ª colocação.

Marc Coma lamentou a decisão dos organizadores. "Creio que é uma injustiça. Em nenhum momento se pode mostrar que eu troquei a roda", disse o espanhol, em entrevista à Rádio Cooperativa. Ele admitiu que pode recorrer e afirmou que ainda vai definir se continuará na prova.

Após a realização de sete etapas, o sábado está servindo para reparos e descanso dos competidores do Rally Dakar. A disputa volta a ser realizada no domingo, com a realização da etapa entre as cidades de Antofagasta e Copiapó.

Tudo o que sabemos sobre:
Rally DakarMarc Comapunição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.