Combo brasileiro de nado sincronizado termina em nono

A Rotina Livre Combinada brasileira teve uma ótima atuação, neste domingo, na final do nado sincronizado do Mundial de Esportes Aquáticos de Melbourne, e terminou em 9.º lugar, com 89,334 pontos. As atletas brasileiras ficaram muito felizes com suas próprias performances, ao som da música-tema do seriado ´Perdidos no Espaço´. "Hoje (domingo) sim deu pra sair satisfeita. Melhoramos em tudo. Atuamos muito bem, primeiro pra nós, depois para a arbitragem. Foi bom ficar bem à frente do México - que ficou em 10.º lugar, com 87,333 pontos - , nosso rival no Pan, pois sabemos que elas estão de olho na gente e vamos com mais moral para enfrentá-las - disse as nadadoras Nayara Figueira, Glaucia Heier, Lara Teixeira.A equipe campeã foi a Rússia, com 99,000 pontos, treinada por Tatyana Prokovskaia, ex-treinadora do Brasil no Pan de 1995, em Mar del Plata. Completaram o pódio, Japão e Estados Unidos, com 97,833 e 96,500, respectivamente. Logo em seguida vieram: Espanha, 96,334; Itália, 94,167; França e Ucrânia, empatadas com 92,167; Grécia, 91,333; Brasil, 89,334; Mexico, 87,333; Egito, 84,667; e Austrália, 84,500. Tatyana não chegou a ver o Combo brasileiro, pois estava se preparando para ver a sua equipe, mas acompanhou o treinamento do Brasil e deu sua visão: "Gosto muito do trabalho das treinadoras brasileiras. Roberta e Mônica tem algo que aprecio, elas trabalham muito, sem medo. Pelo que vi dos treinos, o progresso brasileiro é visível, com boas rotinas (coreografias)."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.