Começa semifinal do Paulista de vôlei

Começa nesta quarta-feira a briga pelas duas vagas na final do Campeonato Paulista Feminino de Vôlei, com as séries semifinais em melhor-de-três jogos. Às 20 horas, a Finasa/Osasco, que ficou com a primeira colocação na fase classificatória, inicia a disputa com a Ecus/Suzano, quarta. Às 20h30, com transmissão da SporTV, a MRV/São Bernardo, que fez a segunda melhor campanha, enfrentará a Blue Life/Pinheiros, terceira.Osasco, que busca o sexto título estadual - venceu em 1994, 1996, 2001, 2002 e 2003 - conta com o reforço de cinco atletas da Seleção Brasileira, além do técnico José Roberto Guimarães. Mas quem realmente chamou a atenção na última rodada, quando o time bateu São Caetano, foi a atacante Paula Pequeno, que vem de recuperação de oito meses, de uma cirurgia no joelho esquerdo.A morena, uma das musas da torcida brasileira, está liberada para saltar. E começou bem: marcou o último ponto para Osasco antes do início das semifinais. "Foi um momento especial. Não por ter marcado o ponto, mas por estar novamente atacando na rede, podendo saltar como antes. Foram apenas alguns segundos, mas fiquei arrepiada e emocionada, pois foi um momento de muita espera. Tive um longo caminho a percorrer até chegar naquele instante", comentou Paula.Além dela, que ficou fora dos Jogos Olímpicos de Atenas, em agosto, a equipe terá força total com Arlene, Érika, Bia, Valeskinha e Mari, que já se recuperou na contusão no abdôme.A outra semifinal deve ser mais acirrada. A MRV/São Bernardo teve apenas três derrotas na primeira fase e ficou com a segunda melhor campanha. "Agora está tudo zerado e é uma semifinal que preocupa. O Pinheiros é um adversário experiente e vai fazer valer isso. Quanto à nossa equipe, vamos trabalhar para evitar as irregularidades normais de um grupo jovem", explica Manu, treinador do time do ABC.Meta - O Pinheiros do técnico Cláudio Pinheiro conta com jogadoras experientes como Patrícia Cocco e Kika. "Atingimos nosso primeiro objetivo ao ficar entre as quatro melhores equipes. Agora, nossa meta passa a ser superar a MRV, que conseguiu fazer uma boa campanha. Estamos treinando em função das adversárias para conseguir um bom resultado jogando em casa. Mas estou certo que a definição vai ser longa e temos de ter paciência", destaca o treinador.A segunda rodada das semifinais estão marcadas para sábado: a MRV joga em São Bernardo, às 18h, contra o Pinheiros, e a Finasa recebe Suzano em Osasco, às 18h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.