''Começamos do zero'', diz Zago

O técnico Antônio Carlos teve pela primeira vez desde que assumiu o Palmeiras uma semana para treinar. E ontem criticou novamente o trabalho de seu antecessor (Muricy Ramalho), principalmente no quesito físico do elenco. "Eu peguei o bonde andando. As condições dos jogadores não eram as esperadas e por isso fiz mudanças na comissão técnica", disse. O preparador físico Omar Feitosa foi demitido.

, O Estadao de S.Paulo

13 de março de 2010 | 00h00

No clássico de amanhã, na Vila Belmiro, contra o Santos, o treinador pregou que o Palmeiras não pode jogar recuado, mas que deve tomar cuidado com o perigoso ataque comandado por Neymar e Robinho.

"O time do Santos atravessa um excelente momento, com um futebol que dá gosto de se ver. Do outro lado está o Palmeiras, que não está num bom momento e tenta criar uma identidade. Estamos começando praticamente do zero", analisou o treinador palmeirense."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.