Comemoração causa briga generalizada em jogo da NFL

Comemoração causa briga generalizada em jogo da NFL

Quarterback Cam Newton conduz vitória do Carolina Panthers sobre os Saints e complica equipe de Nova Orleans na NFC Sul

Renan Fernandes, O Estado de S. Paulo

09 de dezembro de 2014 | 07h00

Cam Newton faz comemoração do "Superman" e provoca briga generalizada em clássico da NFC Sul, defesa do Seattle Seahawks acaba com o ataque dos Eagles, surpresa na partida entre os rivais da Califórnia e freguesia mantida entre Steelers e Bengals em Cincinnati. Confira o que foi destaque na semana 14 da NFL.

New Orleans Saints 10 x 41 Carolina Panthers

Os Saints desapontaram os torcedores de Nova Orleans que lotaram o estádio Superdome e perderam a chance de assumir a liderança da NFC Sul ao serem derrotados pelo Carolina Panthers por 41 a 10. Se a partida não teve muita emoção pela disparidade no placar, dentro de campo os rivais protagonizaram uma grande briga generalizada.

A confusão ocorreu ainda no primeiro quarto, quando o quarterback Cam Newton provocou os rivais após um touchdown que abriu 16 a 0. Quando fazia sua tradicional comemoração do "Superman", o camisa 1 foi empurrado pelo linebacker Curtis Lofton e desencadeou uma batalha. A troca de socos e empurrões resultou na expulsão de Brandon Williams.

Lofton, que recebeu uma falta pessoal, não se arrependeu de ter começado a briga: "Ele estava provocando". O camisa 50 ainda disse que teria a mesma atitude  em outras 100 oportunidades. "Eu vi isso como desrespeito direto e eu fiz o que eu pensei que eu tinha que fazer."

Cam Newton deixou o gramado com 309 jardas, entre passes  e jardas corridas, e três TDs. Pelo lado dos Saints, destaque para Drew Brees, que acertou 29 passes em 49 para 235 jardas, somou um TD e uma interceptação.

Cincinnati Bengals 21 x 42 Pittsburgh Steelers

O Pittsburgh Steelers não sentiu a pressão de jogar na casa do Cincinnati Bengals e diminuiu a vantagem para o rival que lidera a divisão norte da AFC: 42 a 21. Os mandantes começaram muito bem a partida e tinham a liderança do placar até o início do 4º período, graças a grande atuação do wide receiver A.J. Green (11 recepções, 224 jardas e um TD).

No quarto derradeiro, o ataque do Pittsburgh fez 25 pontos, comandados por Ben Roethlisberger, que lançou para um total de 395 jardas, três TDs, incluindo um de 94 jardas para Martavis Bryant. Também contribuíram para a 11ª vitória nos últimos 13 jogos dos Steelers contra os Bengals, em Cincinnati, Antonio Brown (117 jardas) e Le'Veon Bell (185 jardas corridas, 50 recebidas e três tDs).

"Esta é a parte do ano em que as coisas ficam um pouco apertadas, elas ficam mais emocionantes. Todo mundo no vestiário está animado com estas últimas semanas da temporada", disse Bell nos vestiários do Paul Brown Stadium.

Philadelphia Eagles 14 x 24 Seattle Seahawks

Mesmo não fazendo a temporada dos sonhos, o Seattle Seahawks mostrou porque é o atual campeão do Super Bowl e derrotou o Philadelphia Eagles, líder da NFC leste, no Lincoln Financial Field por 24 a 14.

A terceira vitória consecutiva da equipe do treinador Pete Carroll foi construída com uma atuação impecável da "Legion of Boom"(Legião explosiva, em tradução livre), como é conhecida a linha defensiva dos Seahawks, liderada por Earl Thomas e Richard Sherman. Os Eagles foram limitados a apenas 45 campanhas e 139 jardas.

"Se você não tem o maior número de oportunidades, você tem que aproveitar as oportunidades e nós não fizemos isso", disse Mark Sanchez, que mais uma vez atou no lugar do lesionado Nick Foles. "Nós esperávamos fazer um monte de coisas melhores", completou o QB.

Com 41min56 no relógio para trabalhar o ataque, recorde da franquia, Russell Wilson acertou 22 de 37 passes tentados, lançou para dois TDs, correu para 48 jardas e fez um TD terreste. O wide receiver Doug Baldwin contribuiu com 97 jardas e um TD.

Oakland Raiders 24 x 13 San Francisco 49ers

O Oakland Raiders perdeu na última semana por 52 a 0 e era dono da pior campanha da NFL, com apenas uma vitória conquistada. Mas este retrospecto negativo não foi suficiente para frear Derek Carr e seus companheiros no clássico da Califórnia contra o San Francisco 49ers: 24 a 13.

O líder da NFL em passes para TDs entre os novatos da NFL completou 22 dos 28 passes tentados e conseguiu mais três Tds para sua conta. "É ótimo para nós para sair de uma semana complicada e executar uma partida da forma como fizemos hoje", disse Charles Woodson, safety que selou a vitória com uma interceptação contra Colin Kaepernick (174 jardas, um TD e duas interceptações).

Com o resultado, o San Francisco fica com uma campanha de sete vitórias e seis derrotas e vê Seattle Seahawks e Arizona Cardinals abrirem vantagem na NFC Leste. Se não conseguir a vaga nos playoffs, será a pior campanha dos 49ers desde quando o técnico Jim Harbaugh assumiu o comando da equipe há quatro anos.

RESULTADOS

Quinta-feira

Chicago Bears 28 x 41 Dallas Cowboys

Domingo

Cincinnati Bengals 21 x 42 Pittsburgh Steelers

Washington Redskins 0 x 24 St. Louis Rams

Tennessee Titans 7 x 36 New York Giants

Saints 10 x 41 Carolina Panthers

Minnesota Vikings 30 x 24 New York Jets

Cleveland Browns 24 x 25 Indianapolis Colts

Miami Dolphins 13 x 28 Baltimore Ravens

Detroit Lions 34 x 17 Tampa Bay Buccaneers

Jacksonville Jaguars 13 x 27 Houston Texans

Denver Broncos 24 x 17 Buffalo Bills

Arizona Cardinals 17 x 14 Kansas City Chiefs

Philadelphia Eagles 14 x 24 Seattle Seahawks

Oakland Raiders 24 x 13 San Francisco 49ers

San Diego Chargers 14 x 23 New England Patriots

Segunda-feira

Green Bay Packers 43 x 37 Atlanta Falcons

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.