Comitê Paralímpico acerta patrocínio de R$ 120 milhões

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou nesta terça-feira que fechou um acordo de patrocínio com a Caixa Econômica Federal com duração prevista até 2016, quando serão disputados os Jogos Paralímpicos do Rio. As Loterias Caixa vão investir R$ 120 milhões nos próximos quatro anos em 13 modalidades e também individualmente em cerca de 50 atletas.

AE, Agência Estado

09 de abril de 2013 | 13h36

O novo acordo representa um incremento no apoio recebido pelo esporte paralímpico brasileiro. No biênio 2011/2012, o contrato entre CPB e as Loterias Caixa destinou R$ 22 milhões, com apoio a seis modalidades e 22 atletas e atletas-guias.

"A Caixa é um grande parceiro e sempre esteve ao lado do movimento paralímpico brasileiro. Agora reforça esta presença, apoiando 13 modalidades do programa dos Jogos Paralímpicos do Rio-2016. Sinal de que nosso trabalho está no caminho certo. O fato de fecharmos por quatro anos também nos dá tranquilidade para seguirmos nosso planejamento firmes em busca do quinto lugar no Rio, em 2016", disse Andrew Parsons, presidente do CPB.

Com o novo acordo, atletismo, halterofilismo, natação, esgrima, tiro esportivo, futebol de 5 (deficientes visuais), futebol de 7 (paralisia cerebral), bocha, goalball, vôlei sentado, vela adaptada, tênis de mesa e rúgbi serão os esportes que passarão a receber o patrocínio.

Em 2013 e 2014, os dois primeiros anos da parceria, serão repassados R$ 56 milhões. Em 2015, quando vão ser disputados os Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá, R$ 30 milhões serão liberados para o esporte paralímpico. Já em 2016 vão ser investidos R$ 34 milhões.

Com esse apoio, existe a expectativa que o Brasil melhore o bom desempenho apresentado na Paralimpíada de Londres, quando faturou 43 medalhas, sendo 21 de ouro, em 2016, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.