Comitê Paraolímpico não garante eleição

O presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro, Vital Severino Neto, manterá a assembléia convocada para dia 28. Mas não sabe se haverá eleição. Caberá ao plenário decidir se acata decisão do Conselho Deliberativo de adiar por 60 dias as eleições. O Conselho definiu o adiamento argumentando que há falhas na condução do processo eleitoral. Mas se não houver eleição, o presidente do Conselho, Ciraldo de Oliveira, que apóia o candidato da oposição, José Amaury Russo, assume o CPB. Vital Severino Neto é candidato a reeleição.

Agencia Estado,

24 de fevereiro de 2005 | 19h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.