Comparado a Bolt, promessa do atletismo competirá pela Grã-Bretanha

A Grã-Bretanha anunciou um "reforço" de peso para os Jogos Olímpicos do Rio/2016. Os britânicos revelaram, nesta quarta-feira, que conseguiram autorização para que Zharnel Hughes, velocista nascido no território ultramarino de Anguilla, compita pelo país em eventos organizados pelo Comitê Olímpico Internacional, especialmente a Olimpíada.

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2015 | 14h09

Hughes tem apenas 19 anos (faz 20 no mês que vem) e, no ano passado, quebrou o recorde dos 100m no Campeonato Jamaicano Júnior, que pertencia a Yohan Blake. Companheiro de treino de Usain Bolt, o garoto tem sido comparado ao homem mais rápido do mundo. No mês passado, por pouco não venceu o ídolo nos 200m na etapa de Nova York da Diamond League.

Anguilla, um território britânico ultramarino de pouco mais de 13 mil habitantes, é filiado à Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF), mas não é reconhecido pelo COI. Assim, Hughes optou por competir pela Grã-Bretanha nos Jogos Olímpicos, fazendo valer um passaporte que tem desde que nasceu. O velocista tem 10s15 e 20s15 como melhores marcas da carreira nos 100m e 200m, respectivamente.

Além dele, a Grã-Bretanha conseguiu a naturalização esportiva de outros quatro atletas nos últimos dias para sua equipe de atletismo: as norte-americana Cindy Ofili (dos 100m com barreiras, britânica desde que nasceu), Shante Little (400m com barreiras) e Montene Speight (400m rasos), além da sueca Victoria Dronsfield, do salto em altura.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoZharnel HughesRio2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.