Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Comprometimento é o diferencial de Arthur Zanetti, diz técnico

Marcos Goto destaca profissionalismo de seu comandado

NATHALIA GARCIA, enviada especial a Toronto, O Estado de S. Paulo

19 de julho de 2015 | 11h37

O ginasta Arthur Zanetti tinha apenas oito anos quando começou a treinar com Marcos Goto e foi sob a orientação dele que conquistou as principais honras de sua carreira: ser campeão olímpico e mundial nas argolas. De acordo com o treinador, o profissionalismo do atleta tem sido fundamental nessa caminhada de sucesso.

"O comprometimento que o Arthur tem é o diferencial. A relação que nós temos é muito próxima, eu tenho que ter um feedback dele porque não consigo identificar se o treino está forte ou fraco, se ele está muito cansado. A gente tem uma relação muito próxima, fica mais fácil de a gente trabalhar", afirma.

Marcos Goto também destaca a preocupação de Zanetti para manter o corpo saudável, já que a ginástica é um esporte exigente com o físico e responsável por grande desgaste. "O Arthur leva muito a sério o que falam para ele, tem uma relação muito próxima com o núcleo multidisciplinar."

O ginasta vê o corpo como "material de trabalho" e leva uma vida regrada. "Sigo tudo o que o fisioterapeuta me passa e acabo não tendo essas lesões. Quando acaba um treino, coloco gelo e um monte de gente vem perguntar se estou machucado. Mas só estou fazendo gelo para prevenção mesmo. O corpo precisa estar bem para render 100%", afirma Zanetti.

O objetivo de Arthur é completar ao menos mais um ciclo olímpico e disputar os Jogos de 2020. E Goto projeta uma carreira longeva para seu pupilo. "O limite do atleta é seu corpo. Enquanto ele se mantiver inteiro, sem lesão, cuidando do corpo e da cabeça, vai tocar a ginástica até quando quiser. Nada impede ele chegar até 30 ou 40 anos competindo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.