REUTERS/Siphiwe Sibeko
REUTERS/Siphiwe Sibeko

Condenado por matar namorada, Oscar Pistorius pode receber liberdade condicional

Ex-atleta foi considerado culpado de homicídio em 2015 e sentenciado a 13 anos e cinco meses de prisão

Redação, Estadão Conteúdo

08 de novembro de 2021 | 19h10

Oito anos após matar sua namorada a tiros, o ex-corredor olímpico Oscar Pistorius poderá receber liberdade condicional. Antes, o sul-africano deverá se reunir com os pais da vítima, a modelo Reeva Steenkamp, assassinada na madrugada do dia 14 de fevereiro de 2013. Barry e June Steenkamp desejam reunir-se pessoalmente com Oscar antes da possível liberação antecipada.

Pistorius está elegível para receber a liberdade condicional desde julho, após ser condenado por homicídio por disparar diversas vezes contra Reva Steenkamp na porta do banheiro de sua residência, no Dia dos Namorados.

O ex-atleta foi condenado por homicídio em 2015 e sentenciado a 13 anos e cinco meses de prisão. A lei sul-africana diz que, após cumprir metade de sua sentença, Pistorius pode receber liberdade condicional.

Uma audiência de liberdade condicional foi marcada para Pistorius no último mês, mas acabou cancelada posteriormente, em parte porque antes não havia sido organizada uma reunião entre ele e os pais da vítima, segundo informado por advogados de ambas as partes à agência Associated Press.

"As autoridades do departamento penitenciário agendaram a audiência de liberdade condicional para outubro, mas foi cancelada porque não estava disponível um relatório completo sobre o tempo de Pistorius na prisão. Ainda não foi definida a data para uma nova audiência", disse Julian Knight, advogado de Pistorius.

Além disso, Barry e June Steekamp querem fazer uma reunião cara a cara com Pistorius para que ele explique o que o motivou a disparar contra Reeva, antes que as autoridades considerem sua liberação antecipada da prisão, como dizem as leis em vigor na África do Sul.

Um ano antes do assassinato, Oscar ficou famoso por ter sido o primeiro amputado duplo a competir nas Olímpiadas, nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
Oscar PistoriusReeva Steenkamp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.