Confusão na festa do Barcelona

Torcedores enfrentam policiais e são presos na madrugada de ontem

BARCELONA, O Estadao de S.Paulo

18 de maio de 2009 | 00h00

As comemorações do Barcelona pela conquista, no sábado, do 19º título espanhol de sua história, não foram das mais tranquilas ontem. De madrugada, cerca de 15 mil torcedores e centenas de policiais se envolveram numa briga campal no centro da cidade, ocasião em que 65 torcedores foram presos e 51 ficaram feridos. À tarde, foi a vez de o time ver o Mallorca jogar água em seu chope com uma vitória de virada por 2 a 1. Como reza a tradição, milhares de torcedores barceloneses se reuniram nas imediações das Ramblas e da Praça Catalunya, no centro de Barcelona, logo após a derrota do Real Madrid para o Villarreal por 3 a 2, para celebrar o segundo título conquistado pela equipe na atual temporada - no meio de semana, o Barça havia vencido a Copa do Rei. Mas depois de algumas horas de celebração um grupo de aproximadamente 100 pessoas começou a jogar garrafas e pedras sobre os policiais, dando início a uma grande confusão.Já com a taça do Campeonato Espanhol nas mãos, o técnico Pepe Guardiola resolveu dar descanso a seus principais jogadores na partida contra o Mallorca ontem à tarde. "A partir do momento em que conquistamos o título espanhol, nossas mentes se voltaram para a decisão do Copa dos Campeões, dia 27, em Roma, contra o Manchester United", explicou o lateral Daniel Alves.Foi sem Messi, Xavi, Puyol, Piqué, Touré e Busquets que o Barça acabou derrotado por 2 a 1, com o gol da vitória do Mallorca sendo marcado pelo ex-santista Cléber Santana. Mas ninguém em Barcelona se importou muito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.