Conheça os procedimentos e direitos dos atletas nos testes antidoping

Execução à risca de instruções e atenção dos detalhes podem fazer diferença no futuro dos competidores

O Estado de S. Paulo

25 de julho de 2012 | 17h59

SÃO PAULO - Os Jogos Olímpicos existem para promover a competição esportiva em seu mais alto nível. As conquistas em cada modalidade trazem reconhecimento aos atletas e honrarias aos países que eles representam. Com tamanha pressão, não é surpreendente que alguns atletas sucumbam à tentação de conseguir qualquer vantagem possível.

Alguns atletas recorrem ao doping, o uso de substâncias químicas para melhorar de forma artificial seu desempenho esportivo, uma prática banida da maioria dos esportes e ilegal em todas as modalidades olímpicas.

O Comitê Olímpico internacional avisou que os Jogos de Londres terão o controle antidoping mais rígido da história do evento. Então, com anos de esforço em treinos e medalhas olímpicas em jogo, compensa conhecer os direitos e os deveres dos atletas na hora de se submeter aos testes de controle de substâncias e o procedimento tomado pelas autoridades para garantir a lealdade e o espírito de competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.