Conheça os quatro estilos da natação: crawl, costas, borboleta e peito

Todos eles está nos Jogos Olímpicos

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

26 de fevereiro de 2013 | 13h33

SÃO PAULO - São quatro os principais estilos de natação nos Jogos Olímpicos: crawl, costas, borboleta e peito. Conheça agora um pouco de cada um deles:

CRAWL

É considerado o mais rápido de todos os estilos e costuma ser utilizados nas provas de nado livre. Nele, o nadador movimenta os braços para cima e para baixo, alternadamente, enquanto os pés também se movimentam desta maneira. A respiração é feita lateralmente e, em provas curtas, o atleta diminui a quantidade de vezes que puxa o ar para ganhar tempo. É o único dos estilos que possui provas de 50 m na Olimpíada e que conta com disputas de longa distância.

COSTAS

Esse estilo é marcado pela posição do nadador de costas para o fundo da piscina. Justamente por não poder enxergar quando está próximo da borda, nas competições existem marcas que avisam a proximidade da parede. Os movimentos são semelhantes ao do crawl, com batida rápida de pernas e braçadas alternadas. Outra particularidade desse estilo é que a saída de uma prova ocorre de dentro da piscina, ao contrário dos outros.

BORBOLETA

O estilo faz com que o nadador faça uma ondulação com o corpo para se projetar dentro da piscina e justamente por isso costuma também ser chamado de nado golfinho. Os braços e as pernas se mexem ao mesmo tempo e, por não usar movimentos rotatórios dos braços, exige mais força do atleta para vencer a resistência da água. A respiração é feita com a cabeça voltada para a frente, a cada vez que o nadador emerge da água. A invenção do estilo moderno é creditada ao japonês Jiro Nagasawa.

PEITO

Conhecido por ser o mais antigo, é um estilo bastante difundido. Os braços e as pernas são movimentados em conjunto, sincronizados, fazendo com que o nadador se eleve acima do nível da água, a fim de conseguir respirar. As pernas são estendidas para trás com força e, quando esticadas, o corpo fica na horizontal. O nado peito, juntamente com os outros três, forma o estilo medley, o mais completo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.