Conheça os vencedores da 40ª edição da Pesquisa Estado

Jornalistas e internautas apontam os destaques do esporte nacional e internacional ao longo do ano de 2017

O Estado de S. Paulo

09 de dezembro de 2017 | 17h00

A tradicional Pesquisa Estado chega à sua 40ª edição. Jornalistas do País, de todos os segmentos, ajudam a escolher os melhores esportistas do ano. Neste ano o colégio eleitoral teve a participação de mais de cem pessoas, com indicações em diferentes categorias. Mostramos abaixo os vencedores tanto entre o júri de jornalistas como na votação virtual aberta ao público.

+ Arbitragem do Brasileiro teve acerto em 90% dos impedimentos

+ Bernardinho: 'O que me estimula é inspirar pessoas'

Seleção do ano

O júri apontou uma seleção de destaques formada com quatro times representados. A defesa corintiana desenha a base da equipe, que tem meio de campo mesclado e ataque com os artilheiros Jô e Luan.

Seleção do internauta

A votação aberta ao público no site do Estado durante a última semana teve resultado amplamente corintiano. O campeão brasileiro de 2017 teve seis representantes eleitos como destaques entre os melhores do futebol nacional.

Cássio; Fagner, Geromel, Balbuena e Guilherme Arana; Arthur, Gabriel, Rodriguinho e Hernanes; Jô e Luan.

Seleção brasileira ideal

A votação mostrou resultado bem parecido ao time escalado regularmente por Tite. A principal diferença está no gol. A posição contou com Ederson, do Manchester City, na frente da preferência. O titular habitual, Alisson, ficou em segundo. Confira a escalação:

Ederson  (Manchester City) - 16%

Daniel Alves (Paris Saint-Germain) - 98%

Marquinhos (Paris Saint-Germain) - 40%

Miranda (Inter de Milão)- 37%

Marcelo (Real Madrid) - 100%

Casemiro (Real Madrid) - 45%

Paulinho (Barcelona) - 41%

Philippe Coutinho (Liverpool) - 51%

Willian (Chelsea)- 21%

Gabriel Jesus (Manchester City) - 50%

Neymar (Paris Saint-Germain)- 48%

Fábio Carille surpreendeu a todos durante o ano. O treinador do Corinthians ganhou o Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro logo no primeiro ano como efetivado no cargo e demonstrou ter grande potencial para a carreira. Foram 65% dos votos para ele no júri de jornalistas. No entanto, entre os internautas deu Tite, com 48%.

O título da Copa Libertadores alçou o Grêmio à preferência de 50% votantes. O clube gaúcho ganhou a competição continental de forma convincente e acabou com o jejum de quatro anos do futebol brasileiro no torneio. Na votação popular o time também ganhou: 53%.

O volante Arthur, do Grêmio, se destacou tanto no cenário nacional que chegou a ser convocado para a seleção brasileira. Aos 21 anos, o jogador campeão da Copa Libertadores já desperta o interesse de clubes europeus. Recebeu 54% dos votos no júri entre os jornalistas e também ganhou na internet: 74%.

O gaúcho Anderson Daronco ganhou pelo segundo ano seguido a eleição promovida pelo Estado, com 30%. Apesar de estar presente nos gramados na maioria das rodadas do Brasileiro, ele não escapou de polêmicas e erros neste 2017. Ele também venceu na votação popular: 38%.

O Real Madrid dominou a Europa nas duas últimas temporadas e como não poderia deixar de ser, ganhou a preferência tanto entre os jornalistas (com 83% dos votos) como entre os internautas (48%). 

Zinedine Zidane se consolidou na carreira de treinador em 2017. O francês comandou o Real Madrid ao segundo título seguido da Liga das Campeões, fora ganhar o Campeonato Espanhol e as Supercopas Europeia e Espanhola. O ex-meia foi apontado como o melhor por 26% dos votantes, porém na votação aberta no site do Estado, Pep Guardiola foi quem levou, com 57%.

O português Cristiano Ronaldo conquistou praticamente tudo o que queria neste ano. Foram títulos no Real Madrid, como a Liga dos Campeões, e prêmios individuais, entre elas a quinta Bola de Ouro da Fifa. Não à toa recebeu 79% dos votos dos jornalistas e 57% no júri da internet.

Marcelo Melo devolveu o tênis nacional ao topo em Wimbledon. O mineiro ganhou o torneio de duplas ao lado do polonês Łukasz Kubot. Desde Maria Esther Bueno, em 1964, um brasileiro não ganhava o tradicional torneio. O tenista foi lembrado por 36% dos jornalistas, mas na internet ficou atrás do surfista Gabriel Medina, que ganhou com 39%.

Com 30% dos votos dos jornalistas, Etiene Medeiros se recuperou e chegou ao auge neste ano. A nadadora pernambucana foi campeã mundial nos 50 metros costas na Hungria e deixou no passado os problemas com doping enfrentados no último ano. Na votação da internet ela ganhou com 42%.

Romildo Bolzan conseguiu fazer do Grêmio o que muitos sonham. Ao misturar jogadores da base e reforços baratos, na maioria atletas pouco utilizados em outras equipes, o presidente montou o elenco campeão da Libertadores. O dirigente gaúcho recebeu 16% dos votos.

Lewis Hamilton levará 2017 como um ano especial na sua vida. O piloto inglês da Mercedes ganhou o quarto título mundial de Fórmula 1 e obteve recordes, como o maior número de pole positions da história (72). Foram 38% dos votos para ele no júri de jornalistas e 61% na internet.

A americana Katie Ledecky aumentou a extensa coleção de medalhas em 2017, ao ganhar cinco ouros e uma prata no Mundial disputado na Hungria. Ao todo, ela já soma 15 medalhas em três edições de Mundiais. A nadadora recebeu 28% dos votos. A vitória foi dela entre os jornalistas, com 28%, e também na internet, com 53%.

Para lembrar: Pesquisa chega à 40ª edição

A Pesquisa Estado começou em 1978 e neste ano completa uma importante efeméride. Na temporada em que se completa a 40ª edição do levantamento, a votação mantém a tradicional escolha dos destaques do esporte com a participação de jornalistas de todo o Brasil.

Desde o primeiro ano até os dias de hoje, a equipe do Estado manda às principais redações do País os formulários para a escolha dos destaques em cada uma das categorias. A tradição só não se manteve na forma de envio: em fez de carta, agora o contato é pela internet. 

Quem votou

Acaz Fellegger - Agência Fellegger; Adalberto Leister Filho - Máquina do Esporte; Alex Alves Fogaça- Rede TV; Alexandre Fernandes - Jornal Expresso Popular; Alexandre Guariglia- Lance!; Alexandre Senechal - Revista Veja; Almir Leite - O Estado de S.Paulo; Álvaro Fonseca - Rede Futebol Brasil (RFB); Alvaro Junior -  Rede Futebol Brasil (RFB); Anderson Firmino dos Santos - A Tribuna; Ânderson Silva - Diário Catarinense; Arthur Stabile - Diário de S. Paulo; Bernardo Ramos - Rádio Bandeirantes; Braitner Moreira - Correio Braziliense; Breno Peçanha - Globoesporte.com; Bruno Favoretto - Editora Abril; Bruno Grossi - UOL Esporte; Bruno Prado  - Jovem Pan; Bruno Thadeu - UOL; Bruno Winckler - Freelancer; Cadu Proieti - Jornal Metro ABC; Camila Carelli - Rádio Globo/CBN; Carlos Alberto Teles Vieira - Lance!; Carlos Fernando - TV Band/ Bandsports; Cesar Ferreira Filho - Rede TV; Cesar Sacheto - O Estado de S. Paulo; Ciro Campos - O Estado de S. Paulo; Cleyton Santos - Rádio Trianon AM; Daniel Batista - O Estado de S. Paulo; Daniel Dias Cardoso - GloboEsporte.com; Daniel Lian - Rádio Jovem Pan; Diego Salgado - UOL Esporte; Don Roberto Costa - Radio Trianon AM; Eduardo Affonso - ESPN Brasil; Eduardo Lopes - Máquina do Esporte; Eugenio Goussinsky - Portal R7; Fabiano de Souza - JornalismoFC; Fábio Piperno - Rádio Bandeirantes; Felipe Barbosa - Portal iG Esporte; Felipe Cerqueira - Agora São Paulo; Felipe Rosa Mendes - O Estado de S. Paulo; Fernando Camargo - Bandsports; Fernando Henrique Ahuvia - Portal Goal Brasil; Fernando Murad - Meio&Mensagem; Francisco Rossi Junior - Rádio Nova Difusora AM 1540; Gabriel Carneiro - UOL; Gabriel Melloni - O Estado de S. Paulo; Geraldo Bubniak - Futebolparanaense.net; Gerson Lourenço - O Diário de Mogi; Glauco de Pierri - O Estado de S. Paulo; Gonçalo Junior - O Estado de S. Paulo; Guilherme Maniaudet - GloboEsporte.com; Gustavo Lopes - O Estado de S. Paulo; Gustavo Zucchi - O Estado de S. Paulo; Gustavo Zupak - Rádio Globo; Guto Ablas - Equipe Líder/Tropical FM; Henrique Bueno - CBN Campinas; Jean Santos - ESPN Brasil; José Edgar de Matos - UOL Esporte; José Nêumanne Pinto - O Estado de S. Paulo; Roberto Lioi - Rádio Globo/CBN; Julio Filho - Gazeta do Povo; Julio Frascino - Record; Luís Marcelo Castro - Agora São Paulo; Luiz Louback Jr. - SporTV; Marcelo Laguna - Veja Online; Márcio Bernardes - Rádio Transamérica; Marcio Dolzan - O Estado de S. Paulo; Marcius Azevedo - O Estado de S. Paulo; Marcos Garcia - Freelancer; Mário Monteiro - Portal iG; Matheus Lara - O Estado de S. Paulo; Mauricio Oliveira - TV Globo; Napoleão de Almeida - UOL e Bandsports; Paulo Favero - O Estado de S. Paulo; Paulo Talarico - Torcedor S/A; Pedro Hallack - O Estado de S. Paulo; Rafael Costa - Rede TV!; Rafael Marques - Radio Globo CBN; Rafael Pezzo - O Estado de S. Paulo; Rafael Xavier - O Popular; Raoni David - Federação Paulista de Futebol; Raphael Prates - Rádio Globo/CBN; Raphael Ramos - O Estado de S. Paulo; Renan Medeiros - A Tribuna (Criciúma-SC); Renato Felipe - Radio Clube de Guaratingueta; Ricardo Zanei - ESPN.com.br; Roberto Bascchera - O Estado de S.Paulo; Roberto Maleson - GloboEsporte.com; Robson Morelli - O Estado de S. Paulo; Rodolfo Mondoni - O Estado de S. Paulo; Rodrigo Mozelli - Jornal Mais Notícias; Rogério Micheletti - Fox Sports; Sérgio Loredo - Nova Norte FM; Sergio Neto - O Estado de S. Paulo; Sérgio Rizzo - O Globo; Sidney Botelho - Rede Gospel de TV; Thierry Gozzer - GloboEsporte.com; Thomaz Rafael - Transamérica FM e BandSports; Valter Lenzi -    Jornal Taperá de Salto; Vinicius Mesquita - UOL Esporte; Vinícius Saponara - O Estado de S. Paulo; Vladir Lemos - TV Cultura; Wilson Baldini Jr. - O Estado de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.