Conjunto brasileiro avança à final do nado sincronizado

Apesar da equipe renovada, já visando os Jogos do Rio/2016, a seleção brasileira de conjunto conseguiu avançar à final da rotina livre do nado sincronizado no Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, nesta terça-feira. O time do Brasil passou como o 10º colocado das eliminatórias. A decisão será na sexta-feira.

AE, Agência Estado

23 de julho de 2013 | 15h52

O conjunto brasileiro também já havia participado da final da rotina técnica, há dois dias, terminando na décima colocação. Naquela ocasião, porém, o Brasil havia passado das eliminatórias no nono lugar, mas na final foi "ultrapassado" pelo México.

A técnica da seleção, Maura Xavier, comemorou a terceira final das brasileiras, considerando também que Lorena Molinos e Giovana Stephan participaram da decisão da rotina técnica do dueto. Na livre, cujas eliminatórias aconteceram na manhã desta terça, elas terminaram em 15º, sem vaga na final.

"Esta competição está sendo de surpresas. Nosso time é novo, temos três atletas juniores e estar entre os finalistas já seria ótimo. Conseguimos três finais e entre as 10 melhores. Ainda temos muito o que acertar e aprimorar detalhes. Estamos caminhando e vamos evoluir bastante ainda", analisou a técnica.

O conjunto brasileiro somou 83.240 pontos na sua apresentação, com Luisa Borges, Maria Bruno, Gabriella Figueiredo, Jessica Gonçalves, Maria Eduarda Micucci, Lorena Molinos, Pamela Nogueira e Giovana Stephan. Rússia (97.390), Espanha (94.100) e Ucrânia (93.100) avançaram com as melhores nota.

Diferente da Olimpíada, em que é distribuída uma única medalha de ouro no conjunto, considerando a soma das notas das rotinas livre e técnica, no Mundial são duas, uma para cada rotina. O mesmo vale para o dueto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.