Consórcio que construiu Vila Olímpica diz que equipe de manutenção já faz reparos

Após o Comitê Olímpico Australiano ter reclamado da infraestrutura da Vila Olímpica, no Rio, o consórcio que reúne a Carvalho Hosken e a Odebrecht Realizações Imobiliárias informou neste domingo que a sua equipe de manutenção foi acionada para atender a falhas em alguns apartamentos e realizar ajustes necessários.

Mariana Sallowicz, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2016 | 17h08

"O objetivo é manter todos os esforços para concluir estes ajustes de modo que as delegações possam desfrutar da melhor forma da estadia na Vila dos Atletas", informou em nota a Ilha Pura, responsável pelo bairro planejado de mesmo nome, onde está a Vila Olímpica, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

No site da Ilha Pura, a informação é de que as obras tiveram início em 2012 e foram concluídas em março deste ano. Em 15 de junho deste ano, o complexo, construído para ser a Vila dos Atletas na Olimpíada do Rio, foi oficialmente entregue pela Prefeitura do Rio ao Comitê Olímpico Internacional (COI).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.