Contragolpe letal, arma da Lusa para voltar a aprontar

Ainda sem perder para os chamados grandes do Estado no Brasileiro, a Lusa espera voltar a aprontar hoje, desta vez no Morumbi. Depois de vitória por 1 a 0 no São Paulo, no Canindé, no primeiro turno, a meta dos comandados de Geninho agora é somar pontos para tornar menor a ameaça de rebaixamento.

O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2012 | 03h03

Por isso, a intenção é explorar um possível desespero do adversário, que busca reabilitação após quatro jogos sem vitórias e deve se expor por estar em casa.

Geninho armou a Lusa para ser letal nos contragolpes. Pediu ao time que capriche quando tiver oportunidade de gol, o que não ocorreu na derrota por 2 a 0 para o Fluminense - criou bastante, mas falhou nas conclusões.

Mas o técnico pede atenção com as peças ofensivas do São Paulo. "Todo mundo lá é bom. Temos de ter atenção com o Lucas, que quando encaixa uma jogada decide; com o Luis Fabiano, que é artilheiro; e com o Jadson, de técnica apurada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.