Contraprova confirma doping da nadadora Rebeca Gusmão

A Confederação Brasileira deDesportos Aquáticos (Cbda) foi informada pela FederaçãoInternacional de Natação (Fina) que a contraprova da atletaRebeca Gusmão deu positivo para a substância proibidatestosterona. A análise da amostra B foi realizada em 18 de dezembro de2007 no Laboratório INRS-Institute Armand Frappier, no Canadá,disse a Cbda em seu site nesta sexta-feira. "De acordo com a regra da Fina C 21.5, a entidadeinternacional informa que o caso foi encaminhado para o seuPainel de Doping para maiores considerações", afirma a nota daentidade brasileira assinada por seu presidente, Coaracy NunesFilho. A contraprova da nadadora refere-se ao exame realizadodurante os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em julho doano passado. A defesa da atleta alega que houve erros de procedimento noexame no Rio. Rebeca não comentou o resultado positivo dacontraprova, segundo sua assessoria de imprensa. A brasileira perdeu suas quatro medalhas conquistadas noPan, sendo duas de ouro, por causa de doping, após decisão daOrganização Desportiva Pan-Americana (Odepa).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.