Contrato de R$ 300 mil mensais será honrado

Preocupado com o aspecto emocional de Adriano, clube promete ligar todos os dias para passar força e motivação

Fábio Hecico, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2011 | 00h00

Edu Gaspar, gerente de futebol do Corinthians, esteve no hospital antes da cirurgia de Adriano para lhe dar um abraço. Também revelou que diretores estarão em contato permanente com o atacante para apoiá-lo. O jogador assinou um contrato de risco, que está atrelado ao seu comportamento no clube. Os dirigentes garantem que vão honrar todos os compromissos. Ou seja, os R$ 300 mil mensais estão garantidos e os bônus de marketing também serão pagos.

"Nunca cogitamos mexer no contrato. Agora é que temos de honrar com todos os compromissos, independentemente de qualquer coisa. É hora de mostrarmos que o Corinthians é grande", disse Edu Gaspar. "Temos de dar total apoio moral para uma grande recuperação."

Ajudar na parte psicológica do jogador parece ser a parte mais delicada e importante para o Corinthians. Adriano terá acompanhamento diário nestes primeiros momentos. Na terça-feira, dia da contusão no tendão de aquiles, Ronaldo postou no Twitter mensagem de apoio. Amigo de Adriano, o Fenômeno promete dar o auxílio necessário. Outros destaques corintianos, como Neto e Ronaldo, também ficaram afastados por longo período e voltaram para conquistas no clube. Tudo servirá para que Adriano "não perca a cabeça"

O Corinthians, porém, buscará um atacante. "Não no nível dele, porque é raro no mercado hoje. Veremos sem pressa, com a razão, para não fazermos contrato longo e arrumarmos um problema", alegou Gaspar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.