Contundido, Lleyton Hewitt fica sem jogar até o fim do ano

O tenista australiano Lleyton Hewitt, atualmente em 18.º no ranking mundial da ATP, não vai mais jogar neste ano por causa de uma tendinite no joelho. Os médicos recomendaram que ele se mantenha em repouso até meados de novembro, o que tira suas chances de disputar a Masters Cup, torneio que reúne os oito melhores tenistas do ano, que começa no dia 13 de novembro, em Xangai, na China. Hewitt é o 16.º colocado na Corrida dos Campeões deste ano, e até teria chances de disputar uma vaga na Masters Cup nos últimos dois Masters Series da temporada, disputados em quadra coberta, em Madri e Paris. A contusão encerra um ano complicado para o australiano, que começou a temporada em quarto lugar no ranking, mas só conquistou um título, no Torneio de Queens, preparatório para Wimbledon - seus melhores resultados em Grand Slam foram as quartas-de-final, em Wimbledon e no US Open. Ele só deve voltar a jogar em Adelaide, torneio que começa já em 1.º de janeiro e é preparatório para o primeiro Grand Slam, o Aberto da Austrália, que será de 15 a 28 de janeiro - competição que nunca venceu. "Jogar em casa será uma boa maneira de começar o ano", afirmou o tenista ao jornal australiano Herald Sun.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.