Contusão de Douglas preocupa

Mano não tem substituto com as mesmas características no Corinthians

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

27 de janeiro de 2009 | 00h00

A lesão que tirou Douglas do segundo jogo do Corinthians no Campeonato Paulista (1 a 0 no Bragantino, anteontem) é mais grave do que se pensava. Com inflamação no púbis, o jogador vai ficar fora da partida de amanhã contra o Botafogo, no Pacaembu. Sua utilização nas próximas semanas é uma incógnita. Hoje pela manhã sai o resultado de exames realizados ontem, mas o meia deve ficar de 20 a 30 dias longe dos gramados, segundo as primeiras previsões dos médicos. Não está descartada, até mesmo, uma intervenção cirúrgica.O técnico Mano Menezes já se preocupa em achar alternativas eficazes para substituir o principal jogador do time. Mesmo que o meia fique meses afastado, não há muitas chances de o clube ir atrás de um jogador com as mesmas características no mercado. Faltam camisas 10 clássicos, como Douglas. O remédio será encontrar um jogador no próprio elenco. O azar de Mano é que esta é a posição mais carente no grupo.Uma das alternativas é manter Wellington Saci. O lateral jogou na meia-esquerda contra o Bragantino. Sua atuação foi, na melhor das avaliações, satisfatória. Sem cacoete de armador, ele limitou-se a fazer cruzamentos do lado do campo. Mas considera seguir na posição. "As oportunidades vão aparecendo e a gente tem de agarrar." Há ainda outras alternativas, mas nenhuma que empolgue. Eduardo Ramos ainda não engrenou. Morais está suspenso até o dia 5 de abril. Lulinha marcou gol contra o Bragantino, após 11 meses em branco. E ainda há Elias. O jogador, que já atuou até de volante no Corinthians, pode ser adiantado para a quarta função do meio-campo. "O Douglas é o craque do nosso time, quem faz o time jogar, quem deixa os atacantes na cara do gol", reconheceu Elias. "Sentiremos muito a falta dele", comentou. "Vamos ter de mudar o jeito de jogar", comentou o volante corintiano.Jorge Henrique, que também não jogou no domingo, também deve ficar de fora - o atacante sofreu uma pancada na coxa esquerda. Ronaldo nem treinou ontem. O centroavante foi liberado pela diretoria para registrar sua filha no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.