Nathan Bilow/AP
Nathan Bilow/AP

Contusão tira musa do esqui da Olimpíada de Inverno

Americana sofre com uma lesão no joelho direito e passará por uma cirurgia em breve

AE-AP, Agência Estado

07 de janeiro de 2014 | 13h13

SÃO PAULO - Os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi perderam uma das suas principais atrações nesta terça-feira, quando Lindsey Vonn anunciou que não competirá na Rússia por causa de uma lesão no joelho direito. A esquiadora norte-americana, de 29 anos, anunciou a sua decisão exatamente um mês antes da cerimônia de abertura do evento.

Seu assessor pessoal, Lewis Kay, disse em um comunicado que Vonn "realizará uma cirurgia em breve". Em um post no Facebook, Vonn afirmou que está "devastada" por perder a Olimpíada, "mas a realidade é que o joelho está muito instável para competir a este nível".

Vonn conquistou duas medalhas nos Jogos de Vancouver, em 2010, se tornando a primeira mulher norte-americana a ganhar um ouro olímpico no downhill. Ela também possui quatro títulos da Copa do Mundo, sendo a competidora mais conhecida do esqui alpino, além de namorar o golfista Tiger Woods.

No ano passado, Vonn sofreu grave lesão durante o Mundial de Esqui Alpino, realizado na Áustria, em fevereiro. A norte-americana rompeu os ligamentos cruzado e lateral do joelho direito, além de fraturar a tíbia, e, assim, precisou ser operada.

Por causa disso, Vonn ficou dez meses sem competir. E em dezembro não conseguiu concluir a etapa francesa da Copa do Mundo, realizada em Val d''Isere, em razão das dores no joelho. Agora, será operada e ficará fora da Olimpíada de Inverno de Sochi, marcada para o período entre 7 e 23 de fevereiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.