Felipe Dana/AP
Felipe Dana/AP

Coreia do Sul proíbe 36 mil estrangeiros de entrarem para a Olimpíada de Inverno

O governo cita preocupações de segurança; haveria um reforço nas verificações das identidades dos estrangeiros como um plano antiterrorista

Reuters

05 de fevereiro de 2018 | 03h42

SEUL - A Coreia do Sul proibiu 36 mil estrangeiros de entrarem no país antes da Olimpíada de Inverno, citando preocupações de segurança, informou a agência de notícias Yonhap nesta segunda-feira, 05.

A Yonhap citou um deputado sul-coreano ao informar que a agência de espionagem havia dito aos legisladores que estava trabalhando com agências de inteligência estrangeiras para reforçar as verificações das identidades dos estrangeiros como um plano antiterrorista para as Olimpíadas. /Reuters

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.