Corinthians: a um 0 a 0 da decisão

Time empata (1 a 1), no Rio, com o Vasco. Jogo de volta será na 4.ª feira

Fábio Hecico, O Estadao de S.Paulo

28 de maio de 2009 | 00h00

O Corinthians entrará com uma pequena vantagem no Pacaembu na busca de uma vaga na decisão da Copa do Brasil, quarta-feira: jogará pelo empate de 0 a 0. Ontem, no Maracanã lotado, o time saiu em vantagem no placar, desperdiçou chances, cedeu a igualdade e, no fim, lamentou o 1 a 1. Mais informações"Abrimos o placar e podíamos ter feito mais, mas está de bom tamanho já que o 0 a 0 nos garante a classificação", analisou o lateral Alessandro. "Se a equipe caprichasse mais no primeiro tempo, poderia ter saído daqui com a vitória", endossou o goleiro Felipe, que acabou tendo trabalho na fase final. "Mas temos vantagem", afirmou.Os jogadores festejam poder jogar pela igualdade sem gols. Mas se esquecem do último confronto com os cariocas no mesmo Pacaembu: no dia 28 de novembro de 2007, bastava o time vencer os cariocas para escapar da degola no Brasileiro e perdeu (1 a 0), gol de Alan Kardec.O jogo do Maracanã foi mais um bom teste para o psicológico do Corinthians. Uma semana após superar enorme festa e cantoria do Fluminense, mostrou que sabe jogar sob pressão. A torcida do Vasco fez seu papel, lotou o estádio e deu show. Fez bonito quando o time pisou no gramado, escrevendo "o sentimento não pode parar" com luminosos.Incendiou a equipe, que partiu para cima. Porém, as finalizações eram sem direção. Deu espaço e acabou levando gol, de Dentinho, aos 29. Dali para a frente, só deu Corinthians na etapa inicial. Novamente, porém, o excesso de preciosismo custou caro. O time perdeu boas chances e, na fase final, cedeu o empate, com Pimpão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.