Pedro Vilela/Divulgação - 13/10/2011
Pedro Vilela/Divulgação - 13/10/2011

Corinthians acerta salário com Montillo

Para definir contratação do meia argentino, clube paulista tenta convencer Cruzeiro a aceitar oferta

Vítor Marques, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2011 | 03h02

SÃO PAULO - O Corinthians aguarda que o Cruzeiro aceite uma nova proposta pelo argentino Montillo. O valor ficou no meio do caminho. Agora a oferta é de R$ 20 milhões, antes era de R$ 15 milhões mais um jogador.

O problema é que os mineiros pedem R$ 36 milhões porque estão certos de que seu jogador tem mercado no exterior. A definição da negociação pode acontecer nesta semana. "Está nos planos, mas não pelo valor que o Cruzeiro pede", disse o diretor de futebol Roberto de Andrade.

O Corinthians espera que o Cruzeiro recue na pedida e aceite negociar seu principal jogador, que tem contrato até 2015.

Embora não admita publicamente, a diretoria do Corinthians acertou tempo de contrato (quatro anos) e bases salariais com o jogador. Ele receberá o teto salarial do clube, em torno de R$ 300 mil.

O rendimento é compatível com os mais bem pagos do elenco. Estão entre eles Alex e Liedson, os dois que retornaram da Europa. O salário mais alto ainda é o de Adriano (R$ 380 mil).

Montillo já disse ao seu empresário que gostaria de morar em São Paulo e jogar no Corinthians na próxima temporada. Isso pode facilitar a transação.

Sergio Irigoitia, empresário que representa o atacante, disse aos mineiros que recebeu diversas sondagens por Montillo, entre elas do Flamengo. Mas que só o Corinthians fez uma proposta.

O interesse do clube paulista no argentino começou há mais de um mês, quando o Corinthians admitia envolver um atleta na negociação. Na época, cogitou-se que Jorge Henrique poderia ser esse jogador.

Montillo é um pedido do técnico Tite, que repassou à diretoria a necessidade de se contratar um meia destro - Danilo e Alex jogam pelo lado esquerdo.

Novo atacante O Corinthians confirmou que está muito próximo de anunciar a contratação do atacante Gilsinho, ex-Paulista de Jundiaí, que estava, havia quatro anos, no Japão, atuando pelo Jubilo Iwata.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansCruzeiroMontillo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.