Daniel Augusot Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusot Jr./Ag. Corinthians

Corinthians agora tem sequência em casa para tentar encerrar jejum de vitórias

Sem vencer há quatro jogos, time alvinegro receberá o Sport e o Internacional pelo Brasileirão e terá o jogo de volta contra o Flamengo pela Copa do Brasil

João Prata, O Estado de S.Paulo

13 Setembro 2018 | 13h30

Com o empate sem gols contra o Flamengo pela Copa do Brasil, o Corinthians completou quatro jogos consecutivos sem vitória. O time alvinegro agora terá uma sequência de três jogos em casa para tentar acabar com esse incômodo jejum.

O próximo compromisso da equipe comandada por Jair Ventura será no domingo, às 19h, contra o Sport, na Arena Corinthians, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O adversário pernambucano vive ainda pior momento e somou apenas uma vitória nos últimos 14 jogos. Não é à toa que está na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 24 pontos.

O Corinthians está em décimo lugar na tabela do Brasileirão, com 30 pontos. No entanto, a sequência de tropeços na competição - perdeu para Palmeiras e Ceará e empatou com o Atlético-MG, deixaram a equipe a 11 pontos da zona de classificação para a Libertadores. O Grêmio é o sexto colocado com 41 pontos. 

Por isso, além de somar três pontos contra o Sport, o Corinthians precisará embalar e também vencer o Internacional na rodada seguinte, no outro domingo, dia 26, novamente em sua Arena, caso queira manter vivo o sonho da Libertadores. E bater o time colorado não será tarefa fácil. A equipe do técnico Odair Hellmann é a atual líder do Brasileiro com 49 pontos.

Depois dos dois compromissos pelo Brasileirão, o Corinthians receberá o Flamengo, dia 26, no jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. Como empatou a partida de quarta-feira sem gols no Maracanã, qualquer vitória simples garante a classificação para a final do torneio. Na outra semifinal, o Cruzeiro venceu o Palmeiras por 1 a 0, no Allianz Parque, no jogo de ida.  

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.