Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians agora tenta liberação de Romero para as finais da Copa do Brasil

Atacante foi convocado pela seleção paraguaia que fará um período de treinos nas datas que coincidem com as finais da Copa do Brasil

João Prata, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2018 | 05h00

Após garantir a classificação para a final da Copa do Brasil, o Corinthians agora lutará para ter o atacante Romero nos jogos contra o Cruzeiro. Isso porque o jogador foi convocado pela seleção paraguaia para um período de treinos que coincide com as datas das decisões, marcadas para 10 e 17 de outubro.

Romero disse que tentará conciliar as duas coisas. "Vou conversar com eles (diretoria do Corinthians e da Federação Paraguaia) para decidir. Quero treinar com a seleção e jogar as duas partidas da final. Vamos ver como fazer. Sempre quis jogar na seleção, é um grupo novo, um trabalho novo. Mas quero muito jogar finais da Copa do Brasil", comentou.

O diretor de futebol Duílio Monteiro Alves afirmou que o clube brigará para contar com o jogador. “A gente não vai medir esforços”, avisou. O presidente Andrés Sanchez disse que ainda averiguaria a decisão a ser tomada. "De repente ele viaja, mas volta antes. Ainda não sei", comentou.

O Corinthians retoma o treinamento nesta quinta-feira de olho na partida contra o América Mineiro no sábado, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Jair Ventura não informou se mandará os titulares a campo. O time alvinegro ocupa a oitava colocação no torneio, com 34 pontos, a oito do G6.

 

A tendência é que o time alvinegro entre em campo com um time misto, já que Jair Ventura afirmou que seis dos seus titulares que estiveram em campo contra o Flamengo sentiram desgaste físico. O treinador, no entanto, não nomeou os atletas. Mas Fagner e Mateus Vital pediram para sair e foram substituídos.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.