Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Corinthians aumenta oferta por Guilherme

Diretoria alvinegra espera que jogador faça pressão sobre o presidente da Portuguesa

O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2011 | 03h06

SÃO PAULO - O Corinthians ainda não desistiu de ter o volante Guilherme no elenco de 2012. O clube procurou os representantes do jogador da Portuguesa e aumentou a proposta para levá-lo para o Parque São Jorge.

Com a estratégia, a diretoria corintiana espera conseguir aliados para dobrar o presidente Manuel da Lupa. O cartola já vetou, no início do mês, a transferência de Guilherme para o Corinthians. Ele exige o pagamento do valor integral da multa, ou seja, R$ 18 milhões.

A oferta, que não teve detalhes revelados, parece ter surtido o efeito desejado: seduziu o estafe do volante. São os representantes dele que agora tentarão negociar com a Lusa.

Eduardo Maluf, um dos investidores que tem parte nos direitos econômicos do jogador, ficou de levar pessoalmente a nova proposta corintiana para da Lupa. Desta vez, a oferta seria "irrecusável", segundo o representante do jogador.

O empresário de Guilherme, Wagner Ribeiro, não esconde sua insatisfação - e de seu cliente - com a diretoria da Portuguesa. Segundo Ribeiro, para o volante ficar o clube terá de "valorizá-lo" bastante, ou seja, dar-lhe um aumento substancial.

O interesse do Corinthians em Guilherme começou na metade do Brasileirão. De lá para cá, a diretoria corintiana tem mantido contatos para tentar fechar o negócio.

A insistência do Corinthians em contratar Guilherme tem dois motivos: primeiro porque o clube disputará a Libertadores e o Paulista simultaneamente no primeiro semestre de 2012 e precisa de um elenco recheado. Além disso, teme perder pelo menos um de seus dois volantes titulares. Ralf e Paulinho, jogadores que estiveram nas últimas convocações da seleção brasileira, são alvos de times europeus.

Para a cúpula corintiana, pelo menos um deles deverá ser negociado, se não na janela de janeiro, ao menos durante o período de transferências no meio do ano, em julho.

Outra opção bem menos badalada para a eventual reposição no meio de campo é o volante Neto Coruja, que defendeu o Vitória na Série B neste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansPortuguesaGuilherme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.