Epitácio Pessoa/AE - Arquivo
Epitácio Pessoa/AE - Arquivo

Corinthians fecha grupo para o Mundial

Ideia da diretoria é a de manter os 30 nomes do elenco até a competição em dezembro

Fábio Hecico, O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2012 | 03h04

SÃO PAULO - O Corinthians está com o grupo fechado para o Mundial. O clube ainda contava, até ontem, com a chegada de Nenê, do Paris Saint Germain, e com José Rojas, da Universidad do Chile, mas como não houve acerto com o meia e o zagueiro, a ideia é a de manter os 30 nomes do atual elenco até a competição em dezembro.

"Perdemos dois titulares porque prevaleceu a vontade de eles saírem. A ideia é manter todos os outros", garante o diretor Duílio Monteiro Alves. O volante Guilherme, da Portuguesa, está descartado já que a Lusa optou por permanecer com o jogador.

O Corinthians teve seis baixas no elenco e duas chegadas. Guerrero chegou para cumprir o papel de Liedson e Martínez, além de jogar como Willian e Gilsinho, também pode aparecer na vaga de Alex, que foi para o Catar - Douglas também pode substituir Alex.

Os zagueiros Paulo André e Wallace podem suprir a saída de Castán e, na esquerda, para o lugar de Ramón, o clube aposta no menino Denner, da base.

Chileno não vem mais. José Rojas, zagueiro da La U, que também joga na ala esquerda, foi oferecido ao clube, que fez proposta de cerca de R$ 2 milhões aos chilenos, valor "sugerido" como o pretendido pelo clube vizinho.

Na hora de bater o martelo, porém, o presidente José Yuraszeck disse que a proposta era uma ofensa. Não o liberou e acabou irritando Patrícia Peralta, mulher do jogador, que o chamou de "maricas" e "imbecil."

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebolTite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.