Corinthians inicia ano em busca da ressurreição

Reformulado, time dirigido por Mano Menezes começa a caminhada diante do Guarani, à noite, no Morumbi

Vítor Marques, O Estadao de S.Paulo

17 de janeiro de 2008 | 00h00

O ano do recomeço. Um mês e meio após viver o drama do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Corinthians retorna aos gramados, hoje, na estréia no Estadual, como etapa preparatória para a disputa da Série B. O jogo às 21h45, no Morumbi, contra o Guarani, que está na Série C nacional, é a primeira experiência do "laboratório" que o técnico Mano Menezes fará para decidir quais jogadores ficam ou saem do clube após o Paulista. Confira online a partida de estréia do Corinthians, a partir das 21h45No Corinthians desta temporada, são raros os remanescentes da equipe rebaixada em dezembro. Dos 11 titulares que pisarão no campo esta noite, apenas três participaram da desastrosa campanha do ano passado: o goleiro Felipe, o volante Bruno Octávio e o atacante Finazzi. O resto é novidade.Entre os grandes clubes paulistas, o Corinthians foi o que mais trouxe jogadores para a temporada: foram 13 contratações, além de ter de volta os laterais-direitos Coelho e Eduardo Ratinho.A falta de entrosamento é apontada por jogadores como um dos principais obstáculos a serem superados neste início de ano. Na pré-temporada, em Itu, a comissão técnica deu atenção à preparação física dos atletas. "O grupo mudou muito. Só durante o campeonato é que vamos melhorar a técnica e a tática", afirma o goleiro Felipe. "Os primeiros jogos serão na base da superação."O perfil dos jogadores para o Paulista também mudou. A média de idade do elenco aumentou (de cerca de 24 para 27 anos). "Deu para notar que o time está mais maduro", diz Finazzi, de 34 anos. "A experiência é importante."Contra o Guarani, a equipe testa pela primeira vez em um jogo oficial seu esquema 4-5-1, com três meias e dois volantes.Principal contratação para a temporada, o meia-atacante Acosta não tem presença garantida esta noite. Depende de liberação da FPF. O Corinthians vai esperar até às 17 horas de hoje pela documentação. Do contrário, deve entrar Lima.CORREÇÃOO presidente do Sertãozinho é Antônio Aparecido Savegnago e não Antonio Toniello, como saiu ontem no Guia do Paulista 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.