André Lessa/AE
André Lessa/AE

Corinthians inicia busca por 'gordura'

Plano da equipe, que enfrenta hoje o Botafogo, é ganhar 7 pontos nos 3 próximos jogos antes da partida pela Libertadores

FÁBIO HECICO, O Estado de S.Paulo

25 de fevereiro de 2012 | 03h05

SÃO PAULO - A prioridade do invicto Corinthians no primeiro semestre é a Libertadores. O time não esconde isso, mas nem pensa em largar o Campeonato Paulista. Pelo contrário, trata a competição com respeito e interesse e, na liderança isolada, tenta repetir o que deu certo no início do Brasileiro de 2011 e "acumular gordura" para ter mais tranquilidade na reta final da primeira fase.

Com 23 pontos, a equipe sabe que pode garantir uma vaga antecipada entre os oito já nos próximos três jogos, justamente a série que antecipa a Libertadores, e por isso a ordem é caprichar para somar ao menos 7 pontos a partir de hoje, às 18h30, contra o Botafogo, no Pacaembu. Depois, o time hospeda Catanduvense, quarta, e visita Santos, dia 4.

De acordo com os matemáticos, o oitavo colocado fará entre 29 e 30 pontos. "Tenho os índices, mas eles mudam bastante. Com 70% de aproveitamento (chegar a 39) garante os dois ou três primeiros lugares. O objetivo é estar sempre entre os quatro melhores para tirar vantagem (decidir em casa nos mata-matas), de preferência em primeiro. Só penso na Libertadores quando acabar esses jogos", desconversa Tite, para não desviar o foco no duelo desta noite, diante de um rival fragilizado, na luta contra o rebaixamento, mas que pode surpreender se o Alvinegro entrar em campo com soberba.

"Temos de ser competitivos e com qualidade. O Marco Aurélio já foi meu jogador e sei da força do adversário. Todos os jogos têm caráter importante, decisivo, difícil. O Palmeiras tropeçou com o Oeste, mas nós também só empatamos com o Bragantino em casa. E não merecíamos ter vencido o Mirassol. É necessário um nível de concentração alto", proclama.

Tite sofre com os desfalques agora e sabe que não poderá dar mole na Libertadores justamente pelo fato de o Cruz Azul já ter seis pontos, contra um de sua equipe. Por isso, busca ampliar sua vantagem para os principais concorrentes na tabela - hoje tem um ponto a mais que Guarani e dois do Palmeiras (faz clássico com o São Paulo) para "esquecer" o Paulista por três semanas.

No dia 7, o Alvinegro recebe o Nacional, do Paraguai, com obrigação de vencer para, depois, definir o futuro do grupo nos dois confrontos com o time mexicano, dias 14, fora de casa, e 21. No período, duas partidas do Estadual serão jogadas com reservas - diante de Guarani e Comercial.

O desafio desta noite, além de furar a retranca botafoguense, é suprir a ausência de Alessandro, Leandro Castán, Danilo, Jorge Henrique, Emerson, Liedson, e possivelmente Alex, todos com problemas clínico e físicos.

CORINTHIANS

Júlio César

Weldinho

Chicão

Wallace

Fábio Santos

Ralf

Paulinho

Ramirez

Douglas (Alex)

Willian

Adriano

Técnico: Tite

BOTAFOGO

Juninho

Alessandro

Marquinhos

Marco Aurélio

Alex

Daniel Paulista

Leandro Carvalho

Léo Gonçalves

Camilo

Fabinho (Clebinho)

André Dias

Técnico:Vagner Benazzi

Juiz: Robério Pereira Pires

Local: Pacaembu

Horário: 18h30

Transmissão: Pay per view

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.