Corinthians terá 24ª formação no clássico

Tite ainda não conseguiu repetir a mesma equipe em nenhuma rodada. Chicão e Emerson podem ser os desfalques da vez

Vítor Marques, O Estado de S.Paulo

16 de setembro de 2011 | 00h00

O Corinthians vai testar, domingo contra o Santos, sua 24.ª formação em 24 rodadas do Campeonato Brasileiro.

Contusões, suspensões e opções táticas fizeram com que Tite não repetisse a mesma equipe em duas rodadas consecutivas.

Em relação ao time que perdeu para o Fluminense, domingo, no Engenhão, haverá pelo menos uma alteração para o clássico no Pacaembu: Alessandro retornará à lateral-direita.

Esse entra e sai de jogadores marca a campanha do Corinthians desde o início do campeonato e até mesmo durante a melhor fase do time, quando venceu nove de seus dez primeiros jogos.

Coincidência ou não, o time passou a ser ainda mais instável quando as mudanças aumentaram de ritmo a partir da derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro, na 11.ª rodada.

Além da perda da invencibilidade, esse jogo marcou o início da oscilação do time, apesar de continuar na liderança do campeonato há 20 rodadas.

De uma tacada só, Tite chegou a perder seus dois laterais-esquerdos (Fábio Santos e Ramon), o direito (Alessandro), o goleiro titular (Júlio César) e seu principal atacante (Liedson).

"No início a falta de entrosamento atrapalhou um pouco a gente, mas nosso elenco é forte, e agora todos se conhecem melhor", disse o zagueiro Leandro Castán, que atua pela esquerda e já jogou ao lado de Fábio Santos, Ramon e Welder.

A defesa, embora ainda seja a melhor do campeonato, passou a tomar mais gols. E virou alvo de muitas críticas.

Não só a defesa, como também o trabalho do técnico Tite, que ficou com o cargo ameaçado com a sequência de resultados ruins.

"A troca de jogadores influenciou, mas nosso grupo é homogêneo", disse Ramon, que ainda aposta suas fichas no título.

"Não vou dizer que já somos campeões, mas temos tudo para sermos. Temos um bom grupo, trabalhamos e acreditamos que podemos ganhar o Brasileiro."

Más notícias Tite poderá ter mais baixas para o clássico contra o Santos. Chicão será julgado hoje por discutir com Valdivia no jogo contra o Palmeiras.

Já o atacante Emerson, que tem proposta do futebol do Catar, sentiu a coxa esquerda no treino de ontem e virou dúvida para enfrentar o Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.