Corinthians vai a Moscou por Alex

O Corinthians resolveu investir pesado para contratar o meia Alex, o tão sonhado camisa 10 da diretoria e do técnico Tite, e promete abrir os cofres. Ontem, o diretor adjunto de futebol, Duílio Monteiro Alves, viajou para Moscou, onde se reuniu com dirigentes do Spartak de Moscou. Hoje há outro encontro no qual os clubes esperam bater o martelo. Os russos pedem 7 milhões (R$ 16,7 mi) para negociá-lo e o Alvinegro oferecerá 6 milhões (R$ 13,8 mi) à vista, mesmo valor que o Spartak pagou ao Inter, em 2009, para contar com o meia.

, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2011 | 00h00

Tempo de contrato e salários já estão acertado há algum tempo com o jogador. O que impossibilitava um desfecho feliz na negociação era a resistência do clube em liberá-lo. Desde a queda do Spartak na Liga Europa, que o jogador pressiona os dirigentes a aceitar a oferta corintiana.

E o dinheiro do investimento está em mãos desde o início do ano, quando o Alvinegro ofereceu 7 milhões para contar com Luis Fabiano, então no Sevilla. "Dinheiro não é problema para o clube no momento", faz questão de frisar, sempre, Duílio.

O Brasileiro é a última competição da gestão Andrés Sanchez e o presidente espera fechá-la com chave de ouro, apagando a frustração de 2010. Para isso, determinou a seus diretores que não meçam esforços para montar um time forte para trazer a taça que escapou ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.