Com dedo machucado, Hugo Parisi fica em oitavo na plataforma

O Brasil encerrou sua participação nas provas individuais de saltos ornamentais dos Jogos Pan-Americanos de Toronto sem conquistar uma única medalha. Último a brigar pelo pódio, Hugo Parisi somou 364,50 e ficou com o oitavo lugar na plataforma de 10 metros. O ouro ficou com o mexicano Ivan Garcia (521,70), enquanto a prata foi para o colombiano Victor Ortega (455,15) e o bronze para o também mexicano Jonathan Ruvalcaba (437,35).

MARCIO DOLZAN, Estadão Conteúdo

12 de julho de 2015 | 23h05

Após a prova, fazendo gelo na região do dedão da mão direita, Parisi revelou que se lesionou no último salto da fase classificatória, realizada pela manhã. "Eu estava esperançoso por uma melhor prova, só que no último salto da eliminatória eu dei uma machucada no meu dedo. Na hora eu pensei que não seria nada demais, mas eu vi que me atrapalhou bastante. Eu não conseguia entrar bem na água", contou.

Na final, Parisi teve sua prova comprometida logo no primeiro salto, quando cometeu um erro e marcou apenas 48,00 pontos, começando com o último lugar e bem atrás dos demais. Hugo melhorou bastante no segundo salto (72,00), mas voltou a errar no terceiro (49,50). Assim, na metade da prova ele praticamente já havia dado adeus à chance de medalha.

O saltador voltou a fazer uma boa apresentação em sua quarta exibição, quando repetiu os 72,00 pontos. Na quinta, marcou 51,00 e fechou a participação com nova nota 72,00.

A final deste domingo foi marcada por saltos de alto nível. Ivan Garcia conseguiu uma nota de 96,90 no quarto salto. Pouco antes, o canadense Vincent Riendeau havia alcançado 95,70 em sua exibição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.