Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Corredor de Gaza treina para representar palestinos em Londres

O corredor Bahaa al Farra prepara-se para a Olimpíada de Londres desafiando as forças da natureza e desviando dos buracos deixados nas ruas de Gaza por vários anos de conflito entre palestinos e israelenses.

NIDAL AL MUGHRABI, REUTERS

13 de fevereiro de 2012 | 11h18

O atleta de 19 anos treina durante três horas diárias no estádio Yarmouk, nas ruas de terra e na praia, usando tênis surrados que foram doados pelo rico Catar ao Comitê Olímpico Palestino.

Os atletas palestinos se queixam da escassez de apoio financeiro interno e da falta de equipamentos e treinadores, que seriam cruciais para lapidar jovens talentos. Mas só competir em Londres já é a realização de um sonho nacional.

A Faixa de Gaza é um território litorâneo governado desde 2007 pelo grupo islamista Hamas, atualmente em processo de reconciliação com a facção Fatah, que domina a Cisjordânia.

Em 2007, o Hamas expulsou a Fatah, do presidente palestino apoiado pelo ocidente Mahmoud Abbas, de Gaza após uma breve e sangrenta guerra civil que dividiu a sociedade palestina, mas as duas facções estão atualmente em um processo de reconciliação.

Israel trata a Faixa de Gaza como território hostil e, junto com o restrito controle de fronteira feito pelo Egito, as importações são limitadas. Israel proíbe a maioria das viagens através de sua fronteira alegando que o Hamas e outros militantes que defendem o fim do Estado judeu lançam ataques contra cidades israelenses a partir de Gaza.

PARTICIPAÇÃO OLÍMPICA

A bandeira palestina esteve presente pela primeira vez numa Olimpíada nos Jogos de Atlanta, em 1996, quando um competidor participou dos Jogos. Em Sydney 2000, foram dois atletas, e três estiveram nos Jogos de Atenas em 2004. Todos foram ovacionados em sua apresentação, simplesmente por estarem lá.

Quatro atletas estiveram em Pequim há quatro anos -- dois nadadores e dois no atletismo -- mas, como nos Jogos anteriores, eles não chegaram lá com índices olímpicos, mas sim através de convites.

Quatro palestinos também estarão em Londres. Junto com Farra irão o nadador que vive no Cairo Ahmed Jabreel e duas mulheres que vivem na Cisjordânia, a nadadora Sabeen Kharyoon, de Belém, e o corredor Worood Maslaha, de Nablus.

Hani al-Halabi, de Jerusalém Oriental e que será o chefe da delegação palestina, disse que a equipe olímpica do país representa todos os palestinos, independentemente de ondem vivam.

"Queremos incorporar a questão palestina incluindo participantes da Faixa de Gaza, Cisjordândia, Jerusalém e da diáspora. Cada um de nós representa uma parte de nossa casa", disse Halabi.

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPPALESTINACORREDORA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.