Corredor do Cruzeiro é pego no doping após ser 2º na Maratona de Foz

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) emitiu nota nesta quarta-feira para "lamentar" ter sido informada pelo laboratório credenciado pela Agência Mundial Antidoping (Wada) de mais um caso de doping no esporte brasileiro. Luiz Paulo da Silva Antunes foi flagrado em exame após ser segundo colocado na Maratona Internacional de Foz do Iguaçu, no Paraná, em setembro.

Estadão Conteúdo

25 Novembro 2015 | 22h36

De acordo com a CBAt, Luiz Paulo testou positivo para a substância stanozolol, famoso anabolizante. Ele abriu mão de solicitar a análise da "amostra B" de sua urina e foi suspenso provisoriamente pela CBAt. O caso será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da CBAt.

O corredor, que faz parte da equipe do Cruzeiro, não está entre os atletas de elite do atletismo brasileiro. Ele tem 2h17min15s como melhor resultado da carreira, de 2007, e nunca correu abaixo do índice olímpico, que é de 2h17min00s. Com o resultado de Foz do Iguaçu, que deverá ser anulado, ele é o 16.º do ranking brasileiro.

Mais conteúdo sobre:
atletismo doping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.