Corredor grego ameçado de suspensão por uso de esteróide

O corredor grego Dimitris Regas enfrenta o risco de ser suspenso por dois anos após ficar constatado o uso da substância methyltrienolona, um esteróide proibido. O atleta de 22 anos, que não se classificou para os Jogos Olímpicos de Pequim, deu positivo nas duas amostras de urina coletadas no dia 13 de junho, informou nesta sexta-feira a Associação Atlética da Grécia, que abriu um processo disciplinar contra Regas em conjunto com a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF). "Queremos expressar nossa decepção com mais este caso de doping no esporte grego", disse a entidade grega em comunicado. Em junho, Federação Internacional de Halterofilismo (IWF, em inglês) anunciou a suspensão de 11 integrantes da equipe grega por dois anos ao darem positivo pelo consumo de um esteróide proibido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.