Corre...salta...é ouro!

''Vou fazer meu melhor'' disse Maurren antes da prova. E fez

O Estadao de S.Paulo

23 de agosto de 2008 | 00h00

?Dei duro e estou preparada." Foi desta forma que Maurren Maggi previu o pódio, ao escrever uma carta ao técnico Nélio Moura ainda na área de aquecimento do Ninho de Pássaros, antes do início da prova do salto em distância. A declaração foi dada a Nélio por sua mulher, Tânia, logo após a cerimônia de entrega das medalhas. O treinador, logo que começou a ler, não conseguiu conter as lágrimas. "Vou fazer meu melhor, quero saltar muito, sem limites, sem obstáculos. Estou pronta. Obrigada por tudo. Por não desistirem de mim", diziam alguns dos trechos. Na entrevista coletiva, Maurren continuou a elogiar o técnico. "Eu sou muito grata a eles, pois em 2003, por causa do problema de doping, pensei em parar, mas eles me deram muita força para seguir treinando", disse a atleta, para quem Nélio e Tânia "fazem parte de sua família". Maurren revelou que sempre manda mensagens ao seu treinador, mas se utiliza do telefone celular. "Eu estou sem (o telefone) aqui na China, por isso preferi escrever, mesmo porque não iria conseguir falar tudo que disse na carta", brincou a atleta.Em Pequim, os dois demonstraram todo o entrosamento durante a classificação e a final. A cada salto, Maurren se dirigia ao treinador para receber orientações. "Gostei muito do estádio porque o técnico fica bastante perto e facilita para tirarmos as dúvidas e acertar os saltos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.