Corrida de São Silvestre tem mudança no percurso para 2014

Atletas que correrão a prova de 15 km, que chega à 90.ª edição, passarão duas vezes na esquina da Ipiranga com a São João

O Estado de S. Paulo

09 de dezembro de 2014 | 18h27

 A Corrida Internacional de São Silvestre, que no dia 31 de dezembro chega à sua 90.ª edição, terá mais uma mudança no percurso de 15 km, o que se tornou uma constante nos últimos anos. As modificações ocorreram na região central – os atletas passarão duas vezes pela famosa esquina da Avenida Ipiranga com a Avenida São João. 

O horário de largada foi mantido: 8h40 para a elite feminina e 9 horas para a elite masculina e os atletas em geral. É esperada a participação de 30 mil pessoas – as inscrições já foram encerradas.

No ano passado, os corredores que vinham pela Avenida Rio Branco tinham de entrar à direita na Avenida Duque de Caxias e usavam um pequeno trecho da Avenida São João, à esquerda, para chegar ao Largo do Arouche – de lá, seguiam para o contorno da Praça da República pela Avenida Vieira de Carvalho. Depois, passavam pelo cruzamento da Ipiranga com a São João, de onde rumavam em direção ao Paiçandu.

Agora, o percurso determina que os corredores sigam pela Rio Branco até a Avenida Ipiranga. O primeiro trecho da São João, portanto, será maior, assim como a passagem pelo Largo do Arouche. A chegada pela Praça da República ainda será pela Vieira de Carvalho, quando os corredores voltam novamente para o famoso cruzamento. De volta à São João, os corredores não contornam mais o Largo do Paiçandu, seguindo direto para a Rua Conselheiro Crispiniano, em direção ao Viaduto do Chá.

Segundo a organização da prova, uma primeira aferição do percurso, para a constatação da distância de 15 km e sua homologação, foi feita na sexta-feira passada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt). Nova medição será realizada esta semana.

A São Silvestre passou por várias mudanças no percurso desde 2010, último ano em que a prova largou na Avenida Paulista para seguir pela Rua da Consolação. Em 2011, os organizadores fizeram uma má sucedida transferência da chegada para o Obelisco do Ibirapuera, com subida e descida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio. No ano seguinte, o começo e o fim da prova voltaram para a Paulista, mas a saída rumo à Avenida Dr. Arnaldo e passagem no Estádio do Pacaembu continuaram.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoCorrida de São Silvestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.