CPI britânica menvia documentos à entidade

A Fifa recebeu a documentação preparada pela CPI do Futebol no Parlamento Britânico em que o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, é acusado de ter pedido favores em troca de votos para a sede da Copa de 2018.

Jamil Chade, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2011 | 00h00

Há duas semanas, o ex-presidente da Associação de Futebol da Inglaterra David Triesman foi à CPI e denunciou quatro dirigentes da Fifa de terem pedido favores em troca de apoio à Inglaterra para receber a Copa de 2018.

O parlamento admite que não tem como determinar se houve alguma violação da lei, já que não tem jurisdição para falar sobre membros do Comitê Executivo da Fifa. Cabe à Fifa determinar se houve alguma violação de suas leis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.