Credenciamento da Fifa fecha e revolta jornalistas

Repórteres do mundo todo se frustraram com fim do atendimento antes do horário divulgado

AE, Agência Estado

13 de junho de 2013 | 18h00

BRASÍLIA - Mais um problema estrutural assolou a Copa das Confederações às vésperas do início da competição. Nesta quinta-feira, o centro de credenciamento de Brasília fechou mais cedo do que o previsto por falta de material necessário para produção de credenciais, o que revoltou jornalistas de todo o mundo que buscavam o documento.

Segundo voluntários que trabalhavam no local, o material utilizado para a produção das credenciais vinha de São Paulo e, sem ele, sequer havia uma previsão para a reabertura do centro. Os organizadores justificaram o problema alegando que a demanda ficou acima do esperado.

O centro havia funcionado normalmente durante a manhã, mas já à tarde começaram os problemas. Jornalistas, funcionários e voluntários deverão voltar nesta sexta-feira para tentar finalmente conseguir as credenciais para o jogo de abertura da Copa das Confederações, entre Brasil e Japão, neste sábado, às 16 horas, no Estádio Nacional (Mané Garrincha).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.