Cresce número de brigas agendadas pela internet

Torcidas criam o hábito de utilizar redes sociais para marcar duelos com[br]rivais e vários confrontos terminam em morte

, O Estado de S.Paulo

16 de setembro de 2010 | 00h00

O número de brigas entre integrantes de torcidas organizadas agendadas pela internet tem aumentado ao longo dos anos. Desde o primeiro duelo marcado pela internet no Brasil, em 2005, vários confrontos efetivamente ocorreram, em diversos Estados, dois deles comprovadamente este ano.

Os torcedores geralmente se utilizam das redes sociais, como orkut e facebook, para definir local e horário para o enfrentamento. Já foram registradas pelo menos quatro mortes.

O histórico de agendamento de brigas de torcida pela internet remonta a 1997, na Holanda. Na ocasião, torcedores do Ajax e do Feyenoord, maior rivalidade do país, marcaram duelo se utilizando de computadores. Um torcedor do Ajax foi espancado até a morte.

Confrontos. Desde 2005, o papel da rede aumentou na estruturação destes conflitos no Brasil. Em briga ocorrida entre torcedores do Corinthians e Palmeiras, no Metrô Tatuapé, na zona leste da capital paulista, um torcedor morreu e seis foram indiciados.

Em 2008 foram registradas pelo menos duas brigas no País. A primeira ocorreu entre torcedores do Ceará e do Fortaleza, quando um adolescente de 14 anos morreu.

No outro confronto, torcedores do Flamengo e Vasco se reuniram na Avenida Brasil, após jogo entre as equipes cariocas. No saldo da briga, nove pessoas ficaram feridas.

Em jogo da terceira rodada do Campeonato Brasileiro de 2009, as torcidas do São Paulo e do Palmeiras marcaram duelo para depois do clássico, próximo à estação Itaim Paulista da CPTM. Houve pancadaria, que resultou em 20 feridos e 150 presos.

No dia 11 de março deste ano, as torcidas do Vasco e Flamengo protagonizaram mais um episódio de violência iniciado na internet. Uma pessoa foi morta, três feridas e seis acabaram presos. Detalhe: não houve jogo entre as equipes naquele dia. Também em março, em outro confronto entre as duas torcidas cariocas, um jovem de 16 anos morreu.

CRONOLOGIA

16 de outubro de 2005

Um torcedor morreu e cinco ficaram feridos em briga agendada pela internet entre as torcidas organizadas de Palmeiras e Corinthians, no Metrô Tatuapé. Seis corintianos foram indiciados pelo confronto.

14 de janeiro de 2008

O adolescente Raimundo Victor Nepomuceno Pereira, 14 anos, foi morto em confronto após duelo entre Ceará e Fortaleza. A polícia investigou com base na suspeita de a briga ter sido marcada pela internet.

19 de outubro de 2008

Confusão entre torcedores do Vasco e Flamengo, na Avenida Brasil, no Rio, terminou com saldo de nove feridos. O encontro foi marcado por meio do site de relacionamentos.

24 de maio de 2009

As brigas voltaram a se repetir pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, desta vez, entre torcedores palmeirenses e são-paulinos. Cerca de 150 pessoas participaram do confronto que ocorreu nas imediações da estação Itaim Paulista da CPTM, na Zona Leste da capital. A policia conseguiu deter todos os envolvidos e 20 deles ficaram feridos.

11 de março de 2010

Embora Vasco e Flamengo não tenham se enfrentado nesse dia, torcedores de ambos os times entraram em conflito. A confusão ocorreu em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, e deixou um morto e três feridos. O caso foi registrado na 74ª Delegacia de Polícia e seis pessoas foram presas.

29 de março de 2010

Torcedor do Flamengo, Maycon Verissimo Marins da Silva, de 16 anos, foi baleado na cabeça, em confronto com integrantes da torcida Força Jovem, do Vasco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.