Rafael Ribeiro| CBF
Rafael Ribeiro| CBF

Crianças se divertem em projeto social no Mané Garrincha

Cerca de 200 jovens de centros olímpicos e escolas públicas entraram no gramado

Andreza Galdeano, O Estado de S. Paulo

25 de maio de 2016 | 12h31

Um dos palcos da última Copa do Mundo, o Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, abriu as portas terça-feira para o Festival de Futebol da CBF Social. Cerca de 200 garotos de projetos sociais, centros olímpicos e escolas públicas entraram no gramado e se divertiram jogando bola.

Com a intenção de fazer com que as crianças troquem de lado e se sintam jogador em campo. Elas percorreram o trajeto pelo túnel até o gramado, como acontece nas partidas oficiais.

O projeto, que já passou por Recife e Belém, apresenta diversas atividades para os participantes. Antes da partida de futebol, passam pelo aquecimento com instrutores da CBF e professores de educação física e participam do treino de habilidades, com a utilização um golzinho de praia. O objetivo é ensinar habilidades para a vida, "é a metodologia que levamos para todo o Brasil, unindo os fundamentos técnicos do futebol com ensinamentos para a vida: respeito, disciplina e solidariedade," publicou a confederação em seu site.

Walter Feldman, secretário-geral da CBF, conta ao Estado que, “estamos ouvindo muita gente que trabalha com formação de jogadores e educação pelo esporte e formatando um modelo para todo o país. Nosso trabalho é ajudar a formar cidadãos pelo futebol e criar ambientes para o surgimento de craques que sempre tivemos e sempre vamos ter." 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.