Crise pode deixar Itália fora da Paraolimpíada

A crise econômica que assola principalmente o continente europeu pode deixar a Itália fora da Paraolimpíada de 2012. O presidente do Comitê Paraolímpico Italiano disse neste sábado que o país pode não ter condições de competir no próximo ano em Londres, após cortes nos seus fundos.

AE-AP, Agência Estado

17 de dezembro de 2011 | 19h06

A crise econômica na Itália colocou o comitê sob risco de ter que fechar antes do final deste ano. "Há um risco muito real de não sermos capazes de competir em Londres. Podemos garantir que nossa delegação possa obter um avião para lá, mas não podemos garantir a preparação e treinamento antes de entrar no avião", disse Luca Pancalli, presidente do comitê, em entrevista ao canal de televisão Tg1.

Neste ano, a crise econômica na Itália provocou a queda do primeiro-ministro Silvio Berlusconi, que renunciou ao cargo. Em 2008, a Itália ficou em 28º lugar no quadro de medalhas da Paraolimpíada de Pequim, com quatro ouros, sete pratas e sete bronzes.

Tudo o que sabemos sobre:
ParaolímpiadaItáliacrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.