Criticado, São Paulo promete agressividade

O presidente Juvenal Juvêncio criticou e Ricardo Gomes tenta melhorar o nível das atuações do São Paulo rapidamente. O treinador agora quer um time mais agressivo, que aproveite o domínio para fazer mais gols.

, O Estadao de S.Paulo

17 de março de 2010 | 00h00

"Quando conseguirmos ser mais agressivos, os gols vão aparecer e as críticas vão acabar", projeta Ricardo Gomes, que ontem orientou um treino específico e manteve os portões fechados para a imprensa por quase uma hora. "Nós estamos com um jogo até bem bolado, mas está faltando agressividade na área do adversário."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.